sexta-feira, 29 de agosto de 2008

O naufrágio do Wilhelm Krag (Vapor da Luz)

Durante largos anos passei férias no Algarve. A primeira vez foi em 1971 (tinha 10 anos!) e a última em 2005. Comecei a fazer caça em 1976 na praia da Luz, a tal da Maddie!!!!

Todavia, entre 1991 e 2005, assentei arraiais na cidade de Portimão, dado que numa pesquisa de locais para fazer caça submarina, descobri e apaixonei-me pela Praia dos Caneiros, junto a Ferragudo.

Como em 1996 tirei o curso de mergulho, voltei à Praia da Luz para megulhar com um alemão aí radicado desde 1978, o Detlef Seeger, dono do então denominado Luz Bay Sea Sports Center, posteriormente, Lagos Sub.

Foi com o Detlef que fiz muitos dos meus mergulhos, nomeadamente num navio naufragado entre a Luz e o Burgau, a uma profundidade máxima que não deverá exceder os 38 metros, consoante as marés.

Talvez mais do que o barco, a principal atracção do mergulho era um enorme congro (como nunca vi) que habitava o destroço e que se aproximava dos mergulhadores, habituado que estava a ser presenteado com cavalas......

Foi também ai que fiz os meus primeiros mergulhos descompressivos, “toujours la même chose”, isto é, para um tempo de fundo de 20 minutos a 39 metros, 10 minutos de deco, 3 a 6 metros e 7 a 3 metros.

Sempre soube que o barco tinha sido afundado por um submarino alemão durante a 1º guerra mundial, mas nunca tive a certeza do nome do mesmo. O Detlef chamava-lhe SE VAPOR, designação pela qual o registei na minha caderneta. Contei 10 mergulhos no mesmo entre 1997 e 2001

Porém, em 2001, o Detlef abandonou actividade, e “bye bye” à base de mergulho no Algarve e idas ao SE VAPOR.

Experimentei diversos Centros de Mergulho, o Divers Cove no Cavoeiro, o Scubadoo e Oceanox em Sagres, mas em termos de naufrágios o melhor que consegui foi continuar a visitar o Vapor das 19 (Sagres), aliás, onde regressei em Março deste ano, numa belíssima viagem organizada pelo meu amigo Artur da Aquaicbas.

Como voltei a ter net em casa, fiz uma pesquisa sobre naufrágios no Algarve e conclui que Portisub catalogou o dito navio, trabalho suportado numa pesquisa efectuada em 2005 por um mergulhador de nome Paulo Costa.

Ao que parece, afinal o SE VAPOR chama-se Wilhelm Krag (cargueiro dinamarquês) , tratando-se de um dos quatro navios afundados pelo submarino alemão U-35 no dia 24 de Abril de 1917. Outro desses navios é o próprio Torvore (Noruega) também conhecido por Vapor das 19.

Há pelo menos dois mergulhadores nortenhos que mergulharam comigo neste barco, o Alvaro Basto (Naval de Leça) e o Jorge Santos (ex –Mergulhomania), amigos de longa data e colegas de curso CMAS P1.

Mais existe pelo menos um registo filmado de um desses mergulhos. O autor foi próprio Alvaro, a quem renovo o pedido para encontrar esse filme. Não te esqueças pá!

Resta-me agora voltar lá, bem como sugerir a todos os mergulhadores que façam o mesmo.

Bons mergulhos

Raul Cunha

3 comentários:

Pastilhas disse...

O filme já está digitalizado. Falta só edita-lo mas só quando regressar de férias em finais de Setembro. Tás a ir bem Raul..continua..Abraço

João Pedro Marreiros disse...

Viva Raul :D

Quem diria q te encontrava desta forma :D:D:D

O meu nome é João Marreiros, se pelo nome não chegas lá, faço-te lembrar q costumava ser o teu parceiro de mergulho nas tuas idas a Sagres :) :) :)


Pelos visto ainda continuas com o bichinho do mergulho... Fazes bem :)

grande abraço

João Pedro Marreiros
jpm-01@clix.pt

RM disse...

Também eu mergulhei no SE Vapor com o Detlef Seeger, durante vários anos. Não era um mergulho facil, mas era sempre interessante. Descobri também hoje numas pesquisas o verdadeiro nome do "SE VAPOR" e um pouco mais da historia. Lembro.me do enorme safio, mas da ultima vez que lá fui, aparentemente tinha "desaparecido". Bons ergulhos

ruimart11gmail.com

Eu no curso de P1 1996

Eu no curso de P1  1996
Quinta da Gruta (Maia) 1996